Sobre

Lacus.Clyne.full.1656940

Primeiramente, por quê Nadja Applefield?

Há alguns anos atrás, exatamente em 2005, tinha um blog no uol com esse nome só que andava abandonado. E, na época, como assistia muito Ashita no Nadja, o batizei com o nome da protagonista Nadja Applefield (aqui no Brasil ficou como Nadja Campo das Maçãs). Manteve-se abandonado até setembro de 2010.

Em 2010, estava deprimida por motivos pessoais e também estava cansada de nenhum fansub se interessar em legendar animes antigos. Eis que me surgiu a ideia de formar o fansub mantendo o nome do blog. O primeiro projeto foi o mangá de Lady Georgie, e, em 04 de outubro de 2010 comecei com Ashita no Nadja, Candy Candy e Kamikaze Kaitou Jeanne (estes dois últimos acabaram sendo em parceria com o Akuma Fansub (que hoje é o Ataraxia, da nossa querida Yuki-chan).  Para mim, o fansub nasceu mesmo neste dia.

Agora, por que o interesse em animes clássicos?

Bem, essa é uma paixão que tenho desde criança. Apesar da minha pouca idade, sempre tive interesse por TUDO que é antigo, principalmente animes. Meu primeiro contato foi na revista Henshin Especial nº 8 (que se encontra comigo até hoje) com breves resumos de Hana no ko Lun Lun, Mahou Shoujo Lalabel, Mahou Tsukai Sally e mais outros que não me recordo agora. Ah, e também uma matéria sobre Wedding Peach ^^

Agora falando mais um pouco sobre o fansub…

Como não sou exigente, gosto de quase todos os gêneros, menos hentai e justamente com meu gosto ao longo destes quase 4 anos venho trazendo animes de diferentes gêneros – do meu amado mahou shoujo ao sci-fi – além de, às vezes, eu pegar alguns animes de temporada, como é o caso de Lady Jewelpet e Escha & Logy no Atelier.

Minha intenção com o fansub simplesmente é que aqueles que gostariam de rever e os que tinham vontade de conhecer tal anime pudessem fazê-lo aqui, no fansub. Mesmo sendo um fansub lento, afinal, eu, Lacus, sou a faz tudo desde o início, tenho tido ajuda com alguns projetos recentemente e muitas parcerias. E espero que o fansub dure muito tempo ainda, porque se depender de mim, nunca irá morrer, não importa o que aconteça.

Lembro-me do meu primeiro projeto oficialmente concluido: Bihada Ichizoku. Na época que o fiz, foi meio corrido e com alguns erros, mas foi justamente aí que resolvi prestar mais atenção e tenho evoluído desde então.

Um dos projetos mais famosos do fansub com certeza é Wedding Peach. Ele me deu um trabalho danado para terminar de baixar as raws, mas consegui concluí-lo em 2 anos. Muito tempo para uma pessoa só, não? Mas para mim, o mais importante de tudo é: qualidade de video e tradução com boa coerência e revisão, mas ao mesmo tempo sem pressa. Por isso que o fansub é: Simples, Diferente e Especial!